Um dia...

"It is the evening of the day..."
Ainda nos espera uma longa noite de trabalho...
Acabamos de jantar e ela levanta-se para levar a louça para a cozinha.
Também me levanto e vou fechar as portadas de madeira que cobrem as janelas da sala.
Quando regresso ao centro da sala ela está encostada ao sofá.

(Meu deus... Como é linda...)

Está com aquela expressão pensativa que usa quando algo a preocupa...
Devagar me aproximo por trás e coloco os meus braços à volta da sua cintura. Abraço-a e pouso o meu queixo no seu ombro. Dou-lhe um beijo no pescoço.

- Sabes, se não fôssemos duas mulheres podíamos fazer isto em público.

- Sei... E não teríamos de ter sempre aquelas portadas fechadas.


- Pois...


- Um dia...


- Sim, um dia...

11 sobreviveram ao "lápis azul":

Philip disse...

Pois...

Talvez um dia... :)

lua disse...

Belo blog :) Parabéns.

Anônimo disse...

:')

pessoa solidária disse...

Como vos compreendo... Um dia... Espero que sim...

M disse...

Um dia certamente :)

Isa disse...

Obrigada pela visita ao meu blog!
A propósito... as músicas que ouço aqui são sempre de muito bom gosto!
Boa semana pra ti!

Catarina disse...

Sem dúvida um dia :)

walla disse...

Está cada vez mais perto :)

*

Cátia disse...

aiaiiii...... (suspiro). Gostei do post... Gostei do sentimento sereno... O que interessa mesmo é que o amor exista..

aNa disse...

olha, miúda, quando nos reencontrarmos lembra-me deste post.
para discutirmos ums coisas.
é que às vezes nós achamos que os outros nos ligam mais, do que na verdade acontece.
beijo.

Gayja disse...

prima, fico à espera desse reencontro! Já vai sendo mais do que altura... ;)