Um dia...

- O meu tio perguntou com quem eu ia de férias.

- E que respondeste?

- Que ia com um amigo.

- E depois não queres que eles pensem que és hetero?

- Oh! Se eu dissesse que ia com uma amiga ia começar a gozar e a perguntar quem era o moço... E assim pode ser que não levante suspeitas... É que tarda nada estou a fazer 24 anos... Nunca ninguém ouviu falar de um namorado... Vão começar com minhoquinhas...

- E com quem estavas a falar há pouco?

- Com a X. Essa também, hoje lembrou-se...

- Como?

- Sim, perguntou-me onde estava e eu disse que estava aqui mas depois perguntou-me com quem...

- E...?

- E respondi que estava com uns amigos... Começou logo a perguntar os nomes e eu engasguei-me...

- Tonta.

- Pois... E depois veio com a do costume "vê lá se arranjas gajo"! Fogo! Para que quero eu gajo?? Caraças!! Começo a ficar farta!

8 sobreviveram ao "lápis azul":

Maísha disse...

eu passei anos a ter de andar com essas voltinhas com a minha mãe. estava pelos cabelos, já não aguentava mais ter de mentir e um dia decidi-me. suei as estopinhas mas cheguei a casa e disse "precisamos de conversar. tu já percebeste que eu não sou uma rapariga muito tradicional... e também não gosto das coisas tradicionais da vida... e olha acontece que também não gosto de rapazes, prefiro as meninas." resposta da minha mãe, como se lhe tivessem tirado um peso dos ombros: "ai filha que eu pensava que estavas metida nalgum problema!! o que me interessa é que vocês sejam independentes. agora lá com quem é que vocês gostam de ir para a cama, isso vocês é que sabem." até fiquei sem expressão. tantos anos para depois ouvir aquilo. ela voltou costas e foi apanhar a roupa ou algo assim e eu fiquei sem me mexer uns bons 5 minutos :-)

pessoa solidária disse...

Exacto, para que quer a gayja um gajo se já tem a namorada da gayja? Compreendo que comece a ficar farta... Não lhe vou dar conselhos sobre isso. Primeiro, porque acho que não precisa. Segundo, porque cada qual sabe o seu tempo... Força aí!

Poppie disse...

queres trocar a minha família alargada pela tua? eu tenho 30 anos e para as minhas tias já sou mais uma solteirona e rezingona. Às vezes ainda vêm com a mesma conversa de sempre… e o namorado?! Da grande colectividade que são os meus primos paternos, eu e mais três primas (uma lésbica assumida, uma outra lésbica que não se assume e uma hetero que não gosta nada de relações convencionais) não temos gajo! Mas estamos muuuuiiiitttoooo bem com vida nesse aspecto!

Gayja disse...

maísha, tiveste sorte! Eu com minha mãe já tenho as coisas resolvidas mas o resto da família ainda não sabe nada. Um dia lá terei de contar e só espero que reajam como a tua mãe! :)

pessoa solidária, cada um sabe o seu tempo mas há sempre aquele medo de precipitação, não é? Vamos a ver...

poppie, népia, não há cá trocas de famelga! Os meus tios e tias (são muitos...) estão sempre a chatear mas são uns porreiros. Julgo que estão convictos que eu vou tendo namorados mas não quero contar e por isso não fazem muitas perguntas. Além disso, uso sempre a mesma desculpa: "mas tu achas que eu tenho tempo para isso?!". ;p
Quanto aos primos, também tenho catervas deles e estou cada vez mais desconfiada que uma das minhas primas é "prima"... :p

subtilezas disse...

as expectativas que depositam em nós. no dia em que comecei a pensar mais no que eu realmente queria comecei a ser mais feliz:D
beijos gayja e aproveita bem*

Philip disse...

UGH! Como eu te compreendo!

Sempre que vejo alguém que não tinha o desPRAZER de ver há algum tempo uma das perguntas é sempre: 'Já tens namorada'. E eu nunca sei o k hei de responder... 'Não'.

Ahh se eles tivessem ideia :P

Boas Férias e aproveita :)

Anônimo disse...

AHAHAH..sei o que isso é. E chega a um ponto farta!

Maísha disse...

gayja: espero que sim, que tenhas sempre sorte.

poppie: pois isso é verdade... não há só a família mais chegada... também tenho por exemplo a minha avó e uma tia mais velhota (e outras pessoas na minha pequena terreola), não sou capaz e nem quero contar-lhes porque elas iam sentir vergonha de mim, não iriam entender. e de facto estão sempre a perguntar "então e tu quando é que arranjas os teus filhotes?" (a minha irmã foi mãe há pouco tempo e é mais nova que eu...) começo logo a ferver são bons treinos de paciência! só me apetece responder: «olhem, se um dia arranjar uma boa moça que esteja para atravessar esse deserto das adopções comigo!» lol