Brincadeirinhas...

Sair de casa a correr nunca dá bom resultado. Esqueço-me sempre de qualquer coisa!
Ontem, foi o telemóvel.
Felizmente apercebi-me da falha a tempo de voltar para trás.
Entrei em casa a correr.
A minha namorada não estava a contar, portanto ficou parada a olhar para mim enquanto eu percorria todas as divisões da casa à procura do dito objecto.

- Amor! Vá lá! Mexe-te! Dá-me um toque para eu o encontrar!

- Ah! Pois... Desculpa. Ainda estou meia abananada com a tua entrada assim de repente.

- Ó! Não me digas que já enfiaste a outra aqui dentro! Fogo! Só saí há 2 minutos!

- Sim... Tive de lhe dizer que se escondesse...

- Onde é que ela está? No armário?

- Debaixo da cama.

- Ok. (em tom de voz bem alto) Olha, ó outra, anda por aí à vontade, faz o que quiseres. Mas se me comes as bolachas de chocolate, parto-te os cornos! (para a namorada) Bem, vou embora. Já estou atrasada!

- Amor, estás a ver aquele telefone ali pousado fora do sítio? Sabes quem está do outro lado da linha?

- Não...

- A minha avó!

- UPS!!

5 sobreviveram ao "lápis azul":

Berto disse...

EPIC!

Dantins disse...

Ups!
Vê o lado positivo, pode ser que a avó tenha percebido a tua perdição por bolachas de chocolate e agora passa a oferecer à neta.

maripoza disse...

lololol. demais.... lol...

sara cacao disse...

Levem o carro, o puto, mas não fiques com elas (as cookies), claro.

Gayja disse...

dantins, a avó já sabe que não pode mandar nada de chocolate para casa da neta porque há lá uma máquina devoradora que limpa tudo em pouco tempo! ;p

sara, isso é o hino do monstro das bolachas? Correcção: levem o carro, o puto e até as cookies "de palha" mas não fiques com as de chocolate!;)