O papel de cada uma

À hora do lanche, com um copo de leite na mão, senta-se à minha beira, no sofá, em frente à televisão:

- Já estou a ver porque estavas com a porta fechada... Era para eu não perceber que estavas a ver televisão!

- Não, era por causa do frio. Porque haveria de não querer que soubesses que estava a ver Tv?

- Sei lá... Podias estar com medo de mim...

- (gargalhada) Espera lá! Estou a ver! Era o que tu farias! Tu fecharias a porta com medo que eu ralhasse contigo!

- (encolhida) Pois...

Gargalhada.

- Tu não tens medo de mim...?

Gargalhada conjunta.

A minha namorada às vezes é tão fofinha. ;)

3 sobreviveram ao "lápis azul":

@rco Íris disse...

aperta-lhe as boxexas :p

Gayja disse...

Às vezes dá vontade!! Mas o respeitinho é bonito e tal... ;)

Maísha disse...

gargalhada bloguista :-)