Não deixes para amanhã o que podes fazer depois!


Bem sei que estou sempre a queixar-me dos prazos e da falta de tempo, mas a verdade é que sem prazos não consigo trabalhar!

Por exemplo: se me disserem "tens de fazer X" mas não me derem um prazo para o fazer, vou estar cheia de vontade de o cumprir imediatamente para não ter de me preocupar com esse assunto muito tempo, mas uma força qualquer da natureza vai impedir-me de passar das intenções à acção. Resultado: dias, semanas ou meses de tortura a pensar que deveria estar a fazer aquilo mas sempre sem o fazer.

Por outro lado, quando me dizem: "tens de fazer X até daqui a Y dias", sinto logo a adrenalina a percorrer o meu corpo! Encho-me de força e meto mãos à obra com muito mais vontade!

Andava há várias semana a arrastar um assunto porque não me marcavam prazo. Claro que ia lendo uma coisa aqui, outra coisa ali... mas finalmente marcaram-me uma data! E agora sim, já posso trabalhar a todo o gás!

(Reconheço que este meu comportamento é pouco racional mas tenho quase a certeza que não sou a única...)

11 sobreviveram ao "lápis azul":

Pandora disse...

Não, não és a única. Acontece-me o mesmo.

a disse...

Portanto por aqui trabalho só com contrato a prazo.

Gayja disse...

Pandora, eu sabia que haveria alguém... ;)

a, bolas! Nem a brincar! A palavra "indeterminado" também exerce algum fascínio sobre mim. ;)

walla disse...

Confere...

Luka disse...

já eu sou exatamente igual! não há prazo, deixa-se andar por mt q se queira despaxar a coisa! =p

Nina disse...

Oh Gayja, isso chama-se procastinação. Eu sou uma procastinadora nata (eu e mais 90% da população portuguesa) and that makes me miserable. Diz-se que o segredo é nós mesmos marcarmos um prazo. Tipo "aposto comigo mesma que não consigo fazer isto até amanhã". Dizem, porque ainda não experimentei. Estou a procastinar isso também ;)

Gayja disse...

walla, eu sabia! weeeeee! ;P

Luka, e se fores como eu, depois trabalhas com a corda no pescoço! ;)

Nina, aí está a palavra que estava a tentar evitar! ;p Já tentei marcar prazo a mim própria mas cheguei à conclusão que não me respeito minimamente! Até tenho prestado atenção, quando vou a uma livraria, a livros que apresentam soluções e formas de lutar contra isso (sabias que existem imensos?). O problema é que tudo o que eles dizem tem muito sentido e parece muito fácil mas, assim como tu, vou procrastinando a solução... ;)

Pumba disse...

epa mas procrastinar sabe tao bem! :p
e como dizia a musica: é pra amanha deixa la nao faças hoje!
enfim mas verdades sejam ditas sem prazos é dificil trablhar, é muito mais produtivo com a pressão em cima... **

Gayja disse...

pumba (?!? lol), pensei que a música dizia hakuna matata! ;P procrastinar não é nada bom... fica imenso peso na consciência! ;)

Anônimo disse...

Boa tarde
Que maravilha de post!!!!!
Eu a pensar que era única, que já tinha idade para que isto não fosse assim, e blá!blá!
Está aqui tudinho... Como me identifiquei...
De vez em quando cá venho..
Obrigada
T.

Gayja disse...

Como vês, não falta pessoal a sofrer deste mal! ;)
E eu é que agradeço o elogio. :)