Boas intenções com hipocrisia e interesses à mistura

É bastante provável que o meu nome venha a aparecer na tal petição de que toda a gente fala hoje (até porque não quero perder este casório por nada).

Mas fá-lo-ei apenas porque tem de ser e não porque concorde com a forma como este tipo de movimentos são promovidos. Não são nada o meu estilo.
Pegam numa boa ideia, juntam-lhe um pouco de interesses pessoais e uma pitada de hipocrisia e txarã!
Agora vós, povo, vinde bajular-nos! Lembrai-vos de nós, que estamos cá em cima, acometidos por um ataque de "altruísticite aguda", a zelar pelos vossos direitos.

Mais uma vez, as coisas são feitas ao bom estilo de Lisboa de que tantas vezes ouço os meus pais falar (note-se: ambos viveram muitos anos em Lisboa, cidade onde mantêm família, amigos e colegas e à qual ainda hoje se deslocam com bastante regularidade). "Tens de ter cuidado... Olha que tu estás habituada a um tipo de pessoas e lá em baixo eles são muito diferentes... É claro que há boas e más pessoas em todo o lado, mas o próprio estilo de vida e a forma como estabelecem as suas relações é diferente da nossa. São muito mais de caganças e sentem uma maior necessidade de aparecer. Valem-se mais por quem conhecem, pelas pessoas com quem vão jantar ou as casas que frequentam do que pelo que são."

Vejamos a lista da "comissão promotora".
Em primeiro lugar, reconheço apenas cerca de 20 ou 30 nomes que constam nessa lista. Até aqui: culpa minha que nunca acompanho nada das "figuras públicas" (o que quer que isso seja...) deste país.
Depois, dizem que estão lá 1000 nomes. Mas quantos desses 1000 alguma vez se manifestaram ou sequer se pronunciaram a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo? Lembraram-se agora? Há muitos anos que várias associações andam a apelar à participação das mais diversas pessoas na luta pela igualdade de direitos dos cidadãos LGBT. Mas a maioria destas pessoas só agora se lembrou de que isto não é apenas uma luta dos LGBT.
Não, não é porque viram uma boa oportunidade para aparecer e se auto-promoverem... Nada disso! Estão genuinamente preocupados com a igualdade no acesso ao casamento civil por parte de cidadãos que têm vindo a ser tratados como de "2ª categoria" à sua volta e à vista de todos há anos!
Aliás, espere-se os próximos tempos para ver quantos daqueles 1000 mexerão uma palha por aquilo que ali publicamente dizem defender. Esperemos para ver...
Ah! E já agora, esperemos para ver se Nuno Markl e Fernando Alvim (sim, até esses bem intencionados lá constam) a partir de agora vão abdicar das gracinhas preconceituosas e homófobas que tantas vezes os ouvi transmitir publicamente. Esperemos para ver...
E o Bastonário da Ordem dos Advogados? Lembram-se de como ele, que não perde uma oportunidade para vir publicamente denunciar situações injustas neste país, barafustou no dia 10 de Outubro quando o PS chumbou a proposta na AR? Eu não me lembro...
E podia continuar a nomear outros mas acho que já perceberam onde quero chegar.

É mais uma bela iniciativa neste país fútil. Nada de novo, portanto.
Resta-me apenas assinar a petição.


Adenda (2/6/09, 00:32h):
Afinal já não estou tão certa de que o meu nome venha a integrar a petição.
Dizem ali que «O único ponto que mereceu alguma discórdia foi mesmo a eventual associação do movimento a iniciativas claramente LGBT, dado que as figuras públicas que se associaram ao Movimento poderiam não se identificar claramente com outro tipo de iniciativas mais políticas que pudessem querer surgir sob o carimbo do MPI (???).»
Se bem percebi, todas aquelas pessoas associaram o seu nome ao movimento porque estão fartas de viver num país que discrimina, estão revoltadas com a presente situação e decidiram fazer algo em relação a isso! Optaram por "dar a cara" por uma causa e contribuir para uma luta que tem vindo a ser promovida há anos pelas associações LGBT. Mas calma... Nada de entusiasmos... Estão muito incomodados e dispostos a ir à luta mas...
(Tenho pena de não ter lá estado para perceber melhor a que se referiam...)

4 sobreviveram ao "lápis azul":

Anônimo disse...

YOU GO GIRL!

Coisa disse...

sou obrigada a concordar.
força nisso! ;)

@rco Íris disse...

gayja! eu estive e posso-te explicar dps ;) *

Gayja disse...

@rco Íris, fico à espera da oportunidade! ;)