Só boas notícias...

"Relações homossexuais são erradas para a maioria

03.05.2008, Catarina Gomes
Homens são mais críticos no que toca às relações homossexuais do seu sexo. Investigadora fala "de masculinidade homofóbica"

Cerca de 70 por cento dos portugueses consideram erradas as relações sexuais entre dois adultos do mesmo sexo; mesmo nas idades mais jovens, os números da desaprovação nunca descem abaixo dos 53 por cento. "Portugal ainda é um país homofóbico", comenta Sofia Aboim, uma das autoras do Inquérito Saúde e Sexualidade (2007), do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, que é apresentado na terça-feira e faz um retrato da sexualidade na população portuguesa."

in Publico

Ena, ena... Que bom saber...

7 sobreviveram ao "lápis azul":

Jotinha disse...

Que novidadade ! Olha-me esta !!! :P

Ainda no outro dia ouvi : "esses panacas todos na fogueira a arder é que era"

Enfim...cenas tristes da vida !

Gayja disse...

Ai! E não lhes respondeste??

Custa tanto às vezes estar em situações em que temos de ouvir esse tipo de coisas e responder de forma calma e discreta para não nos expormos...
Enfim...

bjsssssss

Poppie disse...

um estudo que dissesse o contrário é que me espantaria...

Gayja disse...

Lá chegaremos! ;)

Rebeca disse...

e depois n' O Diabo (sim eu sei... não perguntem porque me dei ao trabalho de o ler por favor!):

"Pensamos poder concluir que se, ao invés, 70% dos portugueses houvessem considerado «certas» (que é o contrário de «erradas») as relações entre os homossexuais, Sofia Aboim entenderia que os portugueses estariam finalmente no «bom caminho»"

Isto é que são opiniões dignas :S (ironia... ironia :P)

Cucas disse...

Eu cá acho que quem responde assim a um questionário é gente muito reprimida, tudo bem lá no fundo armário (um mega "closet" que dê para estes 70%).

As mentes só se irão abrir no dia em que toda a gente contactar de perto com uma pessoa amiga ou da família que assuma a sua homossexualidade. Primeiro assustam-se, estranham e depois tem de entranhar nessas cabecinhas pequenas.

Gayja disse...

rebeca,
comékié?? :/
:p


cucas,
Acho que tens razão. O problema é que, cada vez mais, tenho a sensação de que isso "já não vai ser para o meu tempo"...