Moscovo:

Treze pessoas detidas por tentarem celebrar marcha em defesa dos homossexuais.

(mais em Publico)

Ao som de:
we won't stop until somebody calls the cops
and even then we'll start again and just pretend that
nothing ever happened

8 sobreviveram ao "lápis azul":

AD disse...

Quando estive(com a minha namorada) em São Petersburgo, fiquei agradavelmente surpreendida por ver casais de mulheres a passearem de mão dada e a beijarem-se descontraidamente na rua.
Estamos perante um país de contraste de mentalidades, não?

Gayja disse...

Ainda não tive a oportunidade de ir à Rússia mas, pelos russos com que já contactei, posso concordar contigo: é de facto um país de grandes contrastes.
Poderá ser que São Petersburgo seja uma cidade mais "aberta" do que Moscovo?

AD disse...

Da Rússia só conheço São Petersburgo (uma cidade linda, linda, linda), pelo que não me posso pronunciar sobre a vivência de Moscovo.
De facto, os habitantes de São Petersburgo, pelo que vi, são pessoas "abertas", descontraídas, de bem com a vida.
Nós fomos por altura das "noites brancas", em que os jardins ao final do dia estavam cheios de pessoas a conviver e a desfrutar daqueles dias intermináveis... Neste aspecto, faz lembrar Amesterdão.
Quando puderes, não deixes de visitar São Petersburgo :)

tagarelante disse...

musica xelenteeeeeeeeeeeeee

com licença, vou "adquiri-la".


brutal.

Isa disse...

*.* Que linda a música que está tocando no seu blog...eu já ouvi em algum lugar só não sei onde foi.... Juno? Adoro esse filme!!lol

Maria Papoila disse...

E assim vai o mundo.

Condessa X disse...

Já o ano passado tinha acontecido o mesmo e parece que conincidiu com uma visitinha do nosso primeiro ministro à Russia. Isto acontece com o conivência das autoridades e não se ouve ninguém de direito a se pronunciar. Tenho a ideia de que a Rússia é um país extremamente conservador.

Gayja disse...

tagarelante, mi casa su casa! ;)

isa, exacto! A banda sonora desse filme é excelente! :)

maria papoila, e vai torto... :(

condessa x, a Rússia é um país muuuuuuuuito estranho (para os padrões portugueses)...