Jornalismo no seu melhor (e não só)

Há por aí um jornal que apresenta uma notícia que diz o seguinte: "Gay executa namorado a tiro por ciúmes". E depois continua: "O namoro homossexual estava minado por ciúmes. Um dos gays receava que o seu amante o trocasse por outro homem e decidiu assassiná-lo a tiro."

Isto até tem uma certa graça!
É que ainda esta semana li uma notícia no mesmo jornal que dizia: "Hetero executa namorada a tiro por ciúmes". E depois continuava: "O namoro heterossexual estava minado por ciúmes. Um dos heteros receava que a sua amante o trocasse por outro homem e decidiu assassiná-la a tiro."

Ah...
Esperem lá...
Não...
Agora que penso melhor, eu não li nada disso...
Estranho... Porque será...?


E depois a outra catita, a Rita, escreve numa crónica do Público que somos um grupo que se auto-discrimina.
Tem razão, sim senhora!
Por acaso até fui eu que liguei lá para o jornal e disse "vejam lá se fazem uma cena bem homofóbica e ridícula (pleonasmo propositado) porque eu depois quero vitimizar-me para poder casar!".

6 sobreviveram ao "lápis azul":

Tenshi disse...

Tive o (des)prazer de ler "isto" (não sei bem que chamar porque de notícia tem pouco)...não consigo dizer se me fez pior a forma como as notícias foram destacadas ou os comentários feitos...o gay é doente porque matou, o hetero é uma boa alma consumida pelo desespero...o jornalista ou quem publica estas pérolas devia ter um pouco mais de sentido de igualdade, sei lá...isto irrita um bocadinho...

*

Dantins disse...

Curiosamente eu também li essa notícia e pensei exactamente o mesmo, é simplesmente ridiculo o destaque que dão à condição de gay!

Dantins (lésbica)

Gayja disse...

Tenshi, eu não leio os comentários nem do Público, quanto mais desses "jornais"... A mim também irrita mas hoje apanharam-me com bom humor por isso ainda consegui dar uma boa gargalhada. ;)

Dantins, hahaha Estás a ver porque gosto de ti? Esse final foi brutal! ;P

subtilezas disse...

os jornalistas são, na generalidade, a coisa mais acéfala que existe.

inês (pessoa)

Gayja disse...

Tenho bastante receio das generalizações.
E se me punha aqui a escrever a minha opinião sobre o jornalismo tinha posts para encher 3 blogs. :P
Mas estes desta notícia em particular, sim: falta-lhes muita coisa!

(já te disse que tens um nome mesmo bonito?)

Papoila e Orquídea disse...

LOL

Sad, but true.